Milhares de pessoas lotam a 28ª Parada LGBT+ em São Paulo

14

A 28ª Parada do Orgulho LGBT+ reuniu milhares de pessoas pela Avenida Paulista, em São Paulo, no domingo (2). Assim, o evento contou com mais de 16 trios elétricos e teve na programação diversos shows, entre eles Pabllo Vittar, Gloria Groove e Filipe Catto.

++ Claudia Sheinbaum vence eleição e se torna 1ª mulher a assumir presidência do México

A saber, o tema deste ano foi “Basta de Negligência e Retrocesso Legislativo – Vote Consciente por direitos da população LGBT+”. De acordo com os organizadores, a proposta foi incentivar discussões sobre a necessidade de contar com representantes que acolham demandas da população LGBTQIAPN+.

Como houve “dress code” definido pela organização para o público ir com roupas nas cores da bandeira do Brasil, em verde e amarelo, e também nos tons do arco-íris, muitos já apareceram na avenida com fantasias nessas cores por volta das 10h30. Durante à tarde, o público passou a gritar ” a bandeira é nossa”.

Com isso, segundo os organizadores, o objetivo foi incentivar “a retomada dos nossos símbolos”, em referência às cores da bandeira brasileira. Nos últimos anos, as cores verde e amarelo e as camisetas da seleção brasileira ficaram associadas aos atos contra a esquerda e em apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

++ Trump é condenado em julgamento sobre fraude e suborno

Pela primeira vez desde 1997, a Parada estava com um trajeto diferente por causa das obras na Paulista. Por isso, os trios percorreram o lado ímpar da avenida, com o público sendo orientado a entrar no evento pelas ruas Haddock Lobo e Bela Cintra.

Cerca de 1,4 mil policiais reforçaram a segurança no evento. Para coibir furtos de celulares e outros crimes, alguns agentes circularam à paisana em meio à multidão, como ocorreu no Carnaval.

O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) também desenvolveu um esquema especial para monitorar a festa. Na semana passada, agentes iniciaram o monitoramento de redes sociais para identificar grupo ou organização destinada à prática de crimes.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.