Anitta abre o jogo sobre controle de natalidade e fala do desejo de ter filhos

55

Anitta abriu o jogo sobre a sua vida pessoal e artística em entrevista ao podcast “On Purpose”, do guru das celebridades Jay Shetty. Entre os assuntos tratados, a cantora falou de métodos anticonceptivos.

++Mundo nunca teve tantos milionários como agora, diz estudo

De acordo com Anitta, o controle da natalidade não deve ser de responsabilidade apenas da mulher e precisa ser compartilhado. “O controle de natalidade não era natural para mim. Eu achava injusto que apenas as mulheres tivessem que lidar com isso. Os hormônios tornavam a vida uma loucura para mim. Eu não conseguia ser eu mesma”, disse ela.

“Meu corpo não respondeu bem ao controle de natalidade hormonal”, disparou a artista, que afirmou ter enfrentado uma fase debilitada por conta dos efeitos colaterais que vivenciou. “[O controle de natalidade causou] perda de cabelo, pele louca, alterações de humor, depressão e nenhuma energia perto da minha menstruação”.

++Juju Salimeni diz que só faz dieta por causa do noivo: “Já tinha chutado o balde”

Para Anitta, ter usado um determinado método contraceptivo piorou sua endometriose: “Eu tinha um DIU de cobre, que era terrível para minha endometriose e causava muito sangramento”, disse ela. “Agora, eu uso preservativos. Eles existem por um motivo.”

Em outra parte da entrevista, a artista falou de filhos. “Rezo para o universo e planejo quando for a hora de ter filhos”, respondeu ela ao apresentador. “Quero estar pronta e ter um bom parceiro”, reforçou a brasileira.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.