Justin Timberlake se pronuncia após prisão em Nova York

38

Justin Timberlake se pronunciou por meio de seus advogados após ser preso em Nova York há quase dois dias. O cantor foi acusado de dirigir embriagado pelas ruas da cidade norte-americana depois de um jantar no hotel de Sag Harbor.

++Fabiana Justus recebe alta do hospital após internação; entenda o que aconteceu

Edward Burke Jr, representante legal de Justin, fez um comunicado à revista “In Touch Weekly”. “[Estamos] ansiosos para defender vigorosamente o Sr. Timberlake contra essas acusações (…) [estamos] atualmente aguardando o relatório completo do escritório do promotor”, afirmou.

Além disso, o advogado do artista afirmou que ele  “terá muitas coisas que dizer no momento adequado”. A acusação de prisão aconteceu na última terça-feira (18).

++Arthur Aguiar passa leite materno da namorada nos olhos; saiba o motivo

Justin Timberlake teria ignorado a placa de pare enquanto dirigia sua BMW 2025 e não ficou do lado direito da pista quando necessário, sendo detido por um policial. Autoridades disseram que ele estava os olhos vidrados e com forte odor de bebida alcóolica em seu hálito. Timberlake teria se negado a fazer o teste do bafômetro.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.