Rafael Ilha receberá mais de R$ 77 mil após ser preso por engano

40

Nesta última terça-feira (18/06), o colunista Rogério Gentile, do portal “UOL”, afirmou que a Justiça determinou que o Estado de São Paulo pague R$ 78 mil de indenização ao cantor Rafael Ilha, de 51 anos de idade. Isso porque o ex-Polegar foi preso por engano em janeiro de 2006.

++ Rafael Ilha irá processar Luana Piovani após ser chamado de “abusador”

Rafael Ilha foi preso por engano após problemas com drogas

Segundo as informações do jornalista, Rafael se preparava para sair de casa e ir para a clínica de reabilitação onde trabalhava, quando foi avisado que a polícia estava a sua procura. Na época, Ilha foi levado algemado e permaneceu preso por algumas horas. A polêmica deu o que falar. A ordem de prisão, no entanto, estava errada. Por isso, ele logo foi solto.

Entenda

Rafael tinha sido processado alguns anos antes por problemas com drogas e recebeu como pena a internação em uma clínica de reabilitação. O músico cumpriu sua pena, mas foi preso por engano após um pedido de prisão de outra pessoa envolvida na mesma ação. O cantor recorreu à Justiça e pediu uma indenização de R$ 1,4 milhão ao alegar que se sentiu humilhado com o ocorrido e que ficou emocionalmente abalado. O Estado se defendeu dizendo que “houve um mero equívoco, logo sanado” e destacou que o artista foi solto horas depois.

++ Ex-humorista do programa “Pânico” é preso em São Paulo

Mais

A Justiça, porém, foi favorável ao cantor em 2013, mas determinou que a indenização seria de 50 salários mínimos. A defesa de Rafael entrou com recursos e, nos últimos anos, houve uma batalha judicial para definir o cálculo e atualização dos valores.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.