Saiba motivo para algumas pessoas terem tido Covid-19 e outras não

63

De acordo com um estudo realizado por pesquisadores da University College London em conjunto com o Wellcome Sanger Institute e o Imperial College of London, publicado na revista Nature, existe um gene protetor em algumas pessoas, que impede que o vírus sars-cov-2 possa se disseminar. Desde o início da pandemia de Covid-19, o mundo passou por diversas mudanças em hábitos e em protocolos de tratamento. Uma das questões mais levantadas era o da transmissão e infecção. Por que algumas pessoas pegavam a doença enquanto outras não?

AstraZeneca encerra produção e distribuição da vacina contra a Covid-19 em todo o mundo

Em alguns casos, uma mesma pessoa contraiu o vírus por diversas vezes, enquanto outras mesmo em contato não se infectavam. Durante o estudo, voluntários saudáveis se submeteram a testes e foram acompanhados de perto. Amostras de sangue e tecido nasal foram coletadas e processadas com tecnologia de sequenciamento de célula única.

O estudo dividiu os 16 voluntários em 3 grupos: grupo de infecção sustentada, com 6 infectados de forma leve, grupo de infecção transitória, em que três voluntários tiveram sintomas limitados. E o terceiro, grupo de infecção abortada, em que 7 pessoas permaneceram sem sintomas.

São Paulo começa aplicar hoje nova vacina da Covid, a Spicevax

Na conclusão do estudo, foram observados diferentes questões nas respostas imunes dos três grupos abordados. Alguns desses sistemas acabaram por impedir a infecção de ocorrer de fato. Foi identificado um gene em nível mais alto nos voluntários sem infecção. Chamado de HLA-DQA2, o gene foi ativado para produzir uma proteína em maior quantidade. Essas informações podem ser usadas a favor da ciência, levando em consideração que sabendo quem possui tal gene, poderá não desenvolver formas graves da doença, ou até não contrair.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.