É #Fake que China sugeriu ‘pena de morte’ para políticos corruptos do Brasil

242

“China sugere ao Brasil a Lei que dá pena de morte para os políticos corruptos”

A informação é #Fake!

Repercutiu nas redes sociais nesta terça-feira (12) a mensagem de que a China tivesse sugerido ao governo brasileiro a formação de uma lei apenas para instituir a pena de morte para políticos corruptos. A mensagem é falsa e circula na web há seis anos.

É possível consultar todos os registros de encontros entre o presidente do Brasil e líderes mundiais, através do site do Planalto. Ao pesquisar sobre as trocas de mensagens entre Michel Temer e Xi Jinping (China), não há nada que se refere a essa lei, mesmo que os dois líderes tenham se encontrado para discutir questões de comércio exterior.

De acordo com o relatório da Anistia Internacional, mais de mil pessoas foram condenadas à pena de morte na capital chinesa em 2016, ou seja, é fato que a China é o país que mais se aplica esta pena em todo o mundo. Sem contar que segundo a reportagem da revista Time (abril de 2016), a corrupção por parte do governo chinês seria uma das causas para que esta medida fosse decretada.

Um exemplo é o caso do ex-ministro das Ferrovias Chinesas, Liu Zhijun, que foi morto em 2013 por abuso de poder e recebimento de propina. Entretanto, mesmo com esses requisitos que poderia tornar plausível a mensagem disseminada nas redes sociais, a ‘informação’ continua falsa.

Não há nenhum registro público de que a China, realmente, tenha feito sugestões ao Brasil para que adotasse esse tipo de punição, durante a gestão de Michel Temer.