Tuítes do jornalista Alexandre Garcia ganham a web pela ousadia

Os tuítes são verdadeiros e realmente foram escritos pelo jornalista Alexandre Garcia. Conhecido pelo profissionalismo e posicionamento forte, o jornalista se desligou da Rede Globo recentemente, lugar onde trabalhou por 30 anos.

Desde então, seus comentários publicados em sua conta verificada e pessoal no Twitter vem ganhando a internet pela ousadia. Só sobre o discurso de Jair Bolsonaro no Fórum Econômico Mundial, o tuíte do jornalista chegou a 25 mil curtidas:

Nesta quarta-feira (23), os internautas repercutiram ainda mais a mensagem de Alexandre Garcia e aplaudiram a atitude do jornalista, já que muitos também andam insatisfeitos com os noticiários da TV Globo, tanto que a #GloboLixo e #LaranjaDaGloboNews atingiram a categoria de ‘assuntos do momento’ no Brasil através do Twitter.

Confira alguns comentários feitos hoje sobre a emissora:

Entenda a polêmica que relaciona laranja à Rede Globo

No último domingo (20), a emissora divulgou um quadro especial chamado ‘Isso a Globo não mostra’ no final do Fantástico, que foi ao ar como uma espécie de invasão cybernética na hora que os apresentadores se despediam do público. Assista:

O principal motivo da associação da fruta à Rede Globo é pelo fato de que Fabrício Queiroz vem sendo noticiado como “laranja” de Flávio Bolsonaro, já que ambos estão envolvidos em investigações por movimentação financeira irregular.

Além disso, há notícias que colocam um suposto envolvimento do jornalista Roberto D’Ávila da GloboNews, em um esquema de corrupção para arrecadar fundos para a cinebiografia do ex-presidente Lula da Silva. A acusação foi feita pelo ex-ministro Antonio Palocci, que era delator da Operação Lava Jato, em abril de 2018.

O jornalista desmentiu a acusação através do portal ‘Crusoé’. “Eu não fui laranja nenhum, eu fui produtor do filme. (…) Fizemos a produção do filme e várias empresas contribuíram. Era 2008 e o Lula tinha 90% de aprovação. Aquilo era um negócio para nós”, argumentou D’Ávila.

Na terça-feira (22), Carlos Alberto Pocente prestou depoimento para a Polícia Federal e relatou que o ex-ministro Palocci também levava dinheiro para Lula. Com isso, o assunto voltou à tona nas redes sociais.

Para esclarecer, o termo ‘laranja’ significa na linguagem popular, a pessoa que media as transações financeiras fraudulentas, sendo assim, emprestam seu nome, documentos ou conta bancária para ocultar a identidade do verdadeiro individuo que a contrata.