Conheça o movimento “Skin positivity” e o mito da pele perfeita

O universo das redes sociais andou nos últimos tempos carregado de postagens e selfies sem defeitos: peles e poses belíssimas, edições impecáveis e maquiagens muito bem elaboradas. O mercado da beleza se intensificou com o skincare, e a pele perfeita virou sinônimo de pele saudável.

No meio disso surgiu um movimento que se destacou nos últimos meses, o Skin Positivity (positividade da pele), com o objetivo de compreender que nem toda pele é ou está sempre impecável.

+ 15 dicas para adicionar produtos naturais em sua rotina de beleza

As chamadas “skin posi” também estão entre as influenciadoras digitais  que acreditam que o autocuidado é um movimento em que as mulheres se olhem com mais amor, aprendendo a aceitar as suas particularidades. Elas postam fotos de suas peles reais, com marcas, manchas, espinhas e cravos.

O mito da pele perfeita é mais uma forma de cobrar as mulheres de atingirem um ideal estético que nem sempre pode ser alcançado. Embora o autocuidado seja necessário, é importante saber que o primeiro passo para uma pele saudável é a autovalorização. Confira na galeria de fotos acima algumas imagens deste movimento.