Nego do Borel é indiciado por agressão a ex-namorada, Swellen Sauer

O cantor Nego do Borel foi indiciado pelo crime de lesão corporal por conta de violência doméstica contra uma ex-namorada, a assessora Swellen Sauer. Segundo investigações da Delegacia de Atendimento à Mulheres (DEAM) de Jacarepaguá, Swellen teria sofrido série de violências por parte do cantor, assim como outra ex-companheira, a atriz Duda Reis.

++ Polícia indicia mãe de Nego do Borel por agressão à enteada 

Polêmicas

Nessa quarta-feira (21), em entrevista ao jornal Extra, a delegada Giselle do Espírito Santo, titular da DEAM, disse que as investigações começaram após a atriz Duda Reis revelar os episódios de violência praticados pelo cantor.

Ainda em janeiro de 2021, a atriz o acusou de agressões físicas, ameaça, injúria, entre outros. Ela ainda alegou que teria contraído HPV por conta das traições recorrentes do músico.

Saiba mais sobre o caso

Após a polêmica vir à tona, Swellen Sauer também recorreu às redes sociais para denunciar Nego do Borel. A ex-namorada do famoso disse ter recebido um soco na costela em uma boate na época em que namoravam, além de uma tentativa de enforcamento com um carregador de celular!

++ Justiça concede medida protetiva a Duda Reis

Nego do Borel, por sua vez, negou as acusações de suas exs, dizendo ”abominar” qualquer tipo de violência doméstica.