Após demitir 40 funcionários, Nubank nega crise interna: “A empresa segue contratando”

340

Na última terça-feira (31), o Nubank fechou sua assessoria de investimentos para pessoa física e demitiu 40 funcionários. O banco digital já havia desligado, em dezembro, 22 funcionários de recursos humanos e aquisição de talentos. Com isso, começou a surgir especulações de que o banco estaria sofrendo uma crise interna, o que foi negado.

Em nota enviada ao Tecnoblog, a empresa explicou que realiza regularmente ajustes de acordo com as necessidades do negócio e de seus clientes. “Depois de uma cuidadosa avaliação, a empresa decidiu encerrar o serviço de Assessoria de Investimentos, que estava disponível para uma pequena parcela de cliente”, disse o comunicado.

++ Nubank nega que irá encerrar suas atividades no Brasil

“Na prática, os clientes seguem com seus recursos devidamente aplicados nos investimentos escolhidos, tendo acesso aos apps Nubank e NuInvest, assim como nossas plataformas de conteúdo, onde podem obter extenso material sobre investimentos e educação financeira”, acrescentou.

“Com isso, os funcionários deste departamento específico foram desligados. O quadro de funcionários do Nubank aumentou de 6 mil para 8 mil funcionários em 2022, e, conforme já anunciado, a empresa segue contratando, no ritmo adequado para seus planos de negócios em 2023”, finalizou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.