Falidos? Entenda o que está por trás da dívida milionária de Ana Hickmann e Alexandre Correa

1496

A relação pessoal e profissional de Ana Hickmann e Alexandre Correa está no centro dos holofotes desde o último sábado (11), quando o empresário agrediu fisicamente a esposa e parceira de negócios. No entanto, os problemas do casal parecem que vão muito além da esfera conjugal. Sócios, ambos enfrentam inúmeros processos e dívidas que superam a casa dos R$ 14 milhões.

++ Há um ano, Ana Hickmann expôs crise em casamento: “Pavio curto”

Segundo levantamentos recentes, o casal possuí um patrimônio de aproximadamente R$ 150 milhões. Destes, Ana e Alexandre ainda geram um rendimento mensal de R$ 2 a 4 milhões devido a contratos com emissora de televisão e rendimentos de suas inúmeras empresas.

O trajetória profissional de Ana Hickmann começou aos 15 anos, quando saiu de Santa Cruz do Sul (RS) para São Paulo, e iniciou sua carreira como modelo. Ainda jovem, Ana chegou a estrelar campanhas para grifes internacionais na Europa. Apesar de não trabalhar mais no ramo, ela segue fazendo propagandas e é, inclusive, o rosto das campanhas publicitárias de seus próprios negócios.

++ Ex-colega de trabalho de Hickmann fala sobre Alexandre Correa: “Cão”

Como empresária, Ana Hickmann é sócia de Alexandre Correa e possui clínicas de estética, linha de óculos, esmaltes e outros empreendimentos. Ela e o marido detêm ainda a empresa Hickmann Serviços Ltda, que teria uma dívida acumulada de R$ 3,5 milhões em decorrência de um empréstimo no Banco do Brasil.

A empresa em que eles são sócios, a Hickmann Serviços Ltda, tem R$ 14,6 milhões em dívidas, oriundas de 46 processos de cobrança contra o casal e a empresa no Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP). Entre os alvos da inadimplência, estão empréstimos bancários não quitados, condomínio e IPTU.

O levantamento foi feito pelo Banco Safra, uma das instituições a qual Ana e Alexandre deviam pagamento de empréstimo. A empresa fez a averiguação para pedir o bloqueio dos bens do casal. O pedido foi indeferido no começo deste mês. Na conta conjunta do casal, foi encontrado apenas R$ 15 mil de saldo.

O casal está afastado desde o último sábado (11/11), quando Ana Hickmann registrou boletim de ocorrência contra o marido por lesão corporal e violência doméstica na casa onde moram, em Itu, no interior paulista. Nesta segunda-feira (13/11), Alexandre Correa confessou a agressão.

O advogado que representa o banco afirmou na ação que as dívidas de R$ 14,6 milhões acumuladas pelo casal diminuem as chances de que o empréstimo contraído no Safra seja pago.

Dívida com o BB

Em outro processo, o Banco do Brasil (BB) exige o pagamento de uma dívida de R$ 1,2 milhão. O próprio Alexandre Correa foi quem acionou a Justiça para tentar acordo.

Alexandre afirmou em entrevista à Folha, que a cobrança do BB é predatória e gananciosa. “Vida de empresário aqui no Brasil é dura. Temos vários negócios e, graças a Deus, alguns prosperam bem, mas outros, nem tanto. Tínhamos uma relação saudável com o banco, mas infelizmente eles endureceram numa negociação, e nós achamos a postura deles predatória e gananciosa.”

Em outubro, a Hickmann Serviços Ltda já havia sido notificada a respeito de outro processo judicial – ação com valor acima de R$ 2,4 milhões –, movido por uma cooperativa que alegou não ter recebido o pagamento de um empréstimo.

A defesa de Ana Hickmann e de Alexandre Correa disse que não iria se manifestar sobre os processos “por questões éticas”.

‘NÃO QUERO MANCHAR O NOME DA ANA HICKMANN’, DISSE MARIDO TRÊS DIAS ANTES DA AGRESSÃO

Três dias antes de agredir a esposa, Alexandre concedeu uma entrevista ao jornal Folha de São Paulo, onde falava sobre um processo que corre na Justiça contra o Banco do Brasil, para reaver uma cobrança de R$ 1,2 milhão à empresa que pertence ao casal.

Alexandre revelou, também, um processo movido por uma cooperativa, que diz não ter recebido o pagamento de um empréstimo. O valor da ação seria de R$ 2,4 milhões. Alexandre negou que haja inadimplência neste caso. “Não queremos manchar o nome da Ana Hickmann, uma mulher que só trabalha e produz, que promove o empoderamento feminino”, garantiu ele.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.