Médico diz que Príncipe Harry pode ter uma nova síndrome

311

Na última semana, nas redes sociais, Príncipe Harry participou de um programa privado do médico húngaro-canadense Gabor Maté, especialista em trauma, para falar sobre os acontecimentos que foram relatados em seu livro “Spare”. Durante a conversa, o doutor constatou que o ex-membro da realeza poderia ser diagnosticado com Transtorno de Déficit de Atenção (TDA), como uma forma de resposta ao estresse.

++ Eliana desconversa sobre suposta ida para Globo

Atualmente, Príncipe Harry contou que possui Transtorno de Estresse Pós-Traumático (TEPT) devido a morte de sua mãe em 1997, explicou o quanto foi importante cuidar da saúde mental e, que antes de recorrer a ajuda de uma terapia tentou tratamentos psicodélicos como uma forma de esquecer o que havia acontecido.

++ Carla Diaz nega boatos de gravidez: “Não é o momento”

“Foi a limpeza do para-brisas, a remoção dos filtros da vida tanto quanto no Instagram, essas camadas. Removeu tudo para mim e me trouxe uma sensação de relaxamento, libertação, conforto, uma leveza que consegui manter por um período de tempo. Comecei a fazer isso de forma recreativa, e depois comecei a perceber o quanto me fazia bem”, disse Príncipe Harry sobre o contínuo tratamento com terapia.

Embora o ex-membro real tenha aceitado o diagnóstico feito pelo médico, as redes sociais ficaram a todo vapor com os internautas revoltados com a forma que ele foi informado e muitos acham antiético e até mesmo constrangedor.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.