Dólar fecha no maior valor em 1 ano

26

O dólar emplacou a 4ª alta seguida nesta segunda-feira (15), refletindo a escalada dos conflitos no Oriente Médio, após o Irã atacar Israel no fim de semana. Dessa forma, na máxima, chegou a operar acima dos R$5,20.

++ Tesla deve cortar mais de 10% de seus funcionários

Com isso, com a expectativa de que Israel não vai continuar os ataques, os mercados operaram com um pouco mais de tranquilidade neste início de semana, mas a moeda americana continuou a ganhar força sobre o real e outras moedas de países emergentes.

Assim, no Brasil, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, confirmou que a meta do governo Lula 3 é de ter déficit zero em 2025 e que o salário mínimo deve ser de R$1.502 no próximo ano. 

O Ibovespa, principal índice acionário da bolsa de valores brasileira, a B3, encerrou em queda.

Ao final da sessão, o dólar avançou 1,24%, cotado em R$5,1847. Na máxima do dia, chegou aos R$5,2149. Veja mais cotações.

++ Começa nesta segunda-feira (15) audiência de Trump sobre acusações criminais em caso de suborno

Com o resultado, acumula altas de:

1,24% na semana;

3,38% no mês; e

6,85% no ano.

Na sexta-feira, a moeda norte-americana avançou 0,61%, cotada em R$5,1212

Além disso, a atenção dos investidores seguiu voltada para o Oriente Médio nesta segunda-feira (15), enquanto o mundo aguarda novas sinalizações do que deve acontecer.

Na última sexta-feira, os mercados encerraram o dia estressados, com queda nas bolsas de valores ao redor do mundo e fortalecimento do dólar ante outras moedas, após o Irã informar que lançaria um ataque contra o território israelense.

A ofensiva foi uma resposta do país a um bombardeio de Israel contra a embaixada iraniana na Síria. Essa foi a primeira vez que o Irã atacou Israel diretamente.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.