Após condenação, Trump deve perder licença para portar arma

0

Depois de ser condenado criminalmente, o ex-presidente Donald Trump, dos Estados Unidos, deverá perder a licença para portar arma, segundo reportagens de quarta-feira (5) das redes americanas NBC e CNN.

++ Cidade de São Paulo tem maio mais quente desde 1943, afirma Inmet

Vale lembrar que Trump se tornou o primeiro ex-presidente dos EUA a ser condenado por um crime na semana passada, quando um júri de Nova York o considerou culpado de falsificar documentos para encobrir um pagamento de US$ 130 mil pelo silêncio de uma estrela pornô antes da eleição de 2016, quando derrotou Hillary Clinton, do Partido Democrata.

Assim, a rede NBC ouviu um representante do departamento de polícia de Nova York que não se identificou.

Segundo o texto, a licença para ter arma já estava suspensa desde que Trump se tornou réu, e depois da condenação a autorização foi revogada.

++ Trump arrecada quase R$ 280 milhões um dia após condenação histórica

O porta-voz da polícia disse à rede NBC que Trump tinha uma licença ativa para ter arma que pode portar, mas deve manter escondida em público, quando foi processado formalmente, em março de 2023, no caso judicial do dinheiro que ele pagou para a atriz pornô Stormy Daniels.

Apesar da licença existir, isso não significa que o político tem uma arma —desde que se tornou candidato a presidente pela primeira vez, em 2015, Trump é escoltado por agentes do Serviço Secreto, o órgão responsável pela segurança dos presidentes americanos e suas famílias.

Trump foi considerado culpado, mas a pena dele ainda não foi imposta. Isso está agendado para acontecer no dia 11 de julho.

Com isso, mesmo condenado, Trump pode disputar a eleição presidencial deste ano e governar, se vencer — inclusive se for preso. Não há nada na lei americana que o impeça. Ele também pode recorrer da condenação.

O ex-presidente tem dito que é uma vítima de perseguição política e que o julgamento criminal faz parte de uma suposta campanha para evitar que a volta dele à Casa Branca.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.