Mattel não lançou Barbie que interrompe gravidez

A boneca acima não é da Mattel. (Foto: Reprodução)
A boneca acima não é da Mattel. (Foto: Reprodução)

Circula pelas redes sociais nesta quinta-feira (25) um suposto novo lançamento da empresa Mattel, a “Barbie Aborto”. A informação ganhou as redes ao ser compartilhada com mensagens que criticavam o “novo normal”. 

+Fake news! Ana Maria Braga alerta sobre tuítes falsos com seu nome

Procurada pela imprensa, a responsável pela fabricação e comercialização da boneca Barbie, Mattel, anunciou que o brinquedo da imagem não pertence ao catálogo da instituição, portanto, que é uma notícia falsa. 

A boneca da imagem é uma produção do artista norte-americano, Sabo, para criticar a então senadora democrata do Texas, Wendy Davis, que concorria ao cargo de governadora do estado texano em 2014. Wendy Davis foi apelidada por “Barbie Aborto” por conta de apoiar a interrupção da gravidez. A crítica leva o nome da democrata no canto inferior da embalagem.

Em nota à imprensa norte-americana, a Mattel anunciou que, por se tratar de um ícone da cultura pop, a boneca é comumente trazida a discussões sociais e culturais, mas que não é a responsável por esse modelo.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.