Novo Fies: Caixa prorroga prazo para renovação de contrato até 28 de dezembro

25
O novo Fies, lançado em 2017, tem modalidades de acordo com a renda familiar de cada aluno. (Foto: Divulgação/Caixa)
O novo Fies, lançado em 2017, tem modalidades de acordo com a renda familiar de cada aluno. (Foto: Divulgação/Caixa)

A Caixa Econômica Federal anunciou que o prazo para a renovação dos contratos do Novo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado para 28 de dezembro e todos os procedimentos devem ser realizados pelo site da instituição financeira. Aproximadamente 70% dos estudantes inscritos no Novo Fies no primeiro semestre já concluíram o seu adiantamento ou iniciaram o processo pela entidade de ensino superior.

Se houver necessidade de alterações no contrato, troca de fiador, por exemplo, o estudante precisa comparecer a uma unidade da Caixa. O modelo do Novo Fies agrega melhorias na gestão do fundo e promove uma sustentabilidade financeira, o que objetiva viabilizar e garantir um acesso mais amplo ao ensino universitário.

O Fies concede financiamento em instituições privadas para o ensino superior. (Foto: Divulgação))
O Fies concede financiamento em instituições privadas para o ensino superior. (Foto: Divulgação))

As principais mudanças, em relação ao processo antigo são: a forma de pagamento do curso (passa agora a ser mensal em emissão de boleto), a exigência de seguro prestamista (cobertura em caso de falecimento do estudante) e a ausência de carência (pagamento da amortização do contrato).

Os estudantes podem fazer o download da cartilha com mais orientações através do site da Caixa e também consultar as informações para os procedimentos a serem adotados, em caso específico das instituições escolares.

A plataforma disponibiliza uma área específica para dúvidas e auxílio ao estudante. (Foto: Divulgação/Caixa)
A plataforma disponibiliza uma área específica para dúvidas e auxílio ao estudante. (Foto: Divulgação/Caixa)

O Fies possui uma taxa de juro zero para os candidatos com renda mensal familiar até três salários mínimos. Portanto, o financiamento mínimo é de 50% do curso, por outro lado, o limite máximo semestral é de R$ 42 mil. A modalidade intitulada de P-Fies é apenas para candidatos em que a renda familiar atinja entre 3 a 5 salário mínimos. Sendo assim, o financiamento é realizado por condições definidas pelo agente financeiro operador de crédito.