6 benefícios de incluir o agachamento em sua rotina de exercícios

O Ano Novo está chegando e chegou a hora de mudar sua vida e tirar do papel todos os seus sonhos! Para que esperar até o dia 01 de janeiro se você pode começar agora? Nada melhor do que agregar ações saudáveis no seu dia a dia para mudar seus hábitos alcançar seus objetivos.

Uma dieta saudável, atividades voltadas para o seu relaxamento e um bom plano de exercícios podem ajudá-lo a dar o rumo que você precisa e turbinar os seus resultados ao ter uma vida mais equilibrada.  

Essas mudanças não só favorecem a saúde, mas também lhe darão mais energia para que você possa fazer suas atividades de forma dinâmica. 

Se você está pensando em um plano de exercícios que favoreça o fortalecimento dos músculos do seu corpo, você pode incluir o agachamento em seus exercícios, já que ele é um exercício completo que o ajudará a aumentar a força muscular. 

++ Bruna Marquezine mostra mudança no visual: ‘Franjinha nova’

Confira a seguir os benefícios de fazer agachamentos regularmente: 

  • Fortaleça as pernas. 
  • Tonifica os glúteos e todos os músculos  
  • Melhora a mobilidade da parte inferior do corpo.  
  • Ajuda combater a celulite porque fortalece a área.  
  • Ajuda a queimar gordura.  
  •  Fortalece as articulações e evitará lesões.  
  • Melhora a circulação e aumentar o metabolismo, o que resulta na perda de peso.  

Entretanto, é preciso ter cuidado, para realizá-los da forma correta. Caso você os faça de forma errada, preste atenção porque isso pode ter as seguintes consequências para o seu corpo: 

  • Eles não ativam todos os músculos na intensidade certa, então você não verá mudanças em seu corpo.  
  • Ele cria tensão nos ligamentos e articulações, aumentando o risco de lesões. 
  • Causa dor lombar e nas costas.  
  • Os exercícios de agachamento devem ser realizados no máximo 3 vezes por semana, com no máximo 100 repetições.  
  • Ao fazer isso todos os dias, você corre o risco de ferir os joelhos, especialmente as articulações.   
  •  Portanto, ao praticar com menos frequência, você corre menos risco de sofrer menos lesões. 

Confira na galeria de fotos acima os tipos de agachamentos que existem e como praticá-los.