Anonymous nega responsabilidade por vídeo contra Elon Musk

O grupo de hackers Anonymous negou ser responsável por um vídeo contra o empresário Elon Musk, CEO da Tesla Motors. O grupo afirma que o conteúdo foi produzido por imitadores e diz não ter envolvimento com a ação.

+ Banco Central da índia nega proibição do Bitcoin

No vídeo, um suposto membro da organização demonstra desagrado com as ações do empresário e o acusa de prejudicar pessoas ao manipular o mercado de moedas digitais. “Os comentários nos seus posts do Twitter mostram que seus jogos no mercado de criptomoedas destruíram vidas”, afirma.

Influente, Elon Musk tem poder sobre o valor dos criptoativos, como o Bitcoin, e suas publicações são capazes de fazer os números dispararem ou despencarem. Segundo o responsável pela gravação, as ações do bilionário sul-africano demonstram desprezo pela pessoa média que trabalha.

O vídeo ainda termina com uma ameaça: “Você pode pensar que é a pessoa mais inteligente do mundo, mas agora você encontrou seu par. Nós somos anonymous. Somos uma Legião. Espere por nós”, finaliza.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.