Repórter hostilizada por Bolsonaro desmente fake news sobre foto antiga

226

Após ter sido hostilizada por Bolsonaro em uma entrevista na Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) nesta segunda-feira (21), a repórter Laurene Santos, da TV Vanguarda, afiliada da Rede Globo, foi alvo de uma fake news e precisou ir às redes sociais desmentir o boato.

+ Juliette perde milhares de seguidores após se posicionar contra Jair Bolsonaro; veja números atualizados

Uma foto de Laurene ao lado de um colega, sem máscara, passou a circular pelo Whatsapp, gerando críticas à postura dos jornalistas. “Ué, na escola de especialista na formatura de ontem sem máscara? A hipocrisia destes da Globo chega a ser vergonhoso”, escreveu o responsável pela notícia falsa.

Através de seu Instagram, a repórter explicou que a foto em questão é antiga. “Atenção: Esta foto está sendo compartilhada nas redes sociais com uma informação falsa. O registro foi feito antes da pandemia, na cidade de Aparecida. Aproveito para reiterar meu respeito às inúmeras manifestações de apoio”, escreveu na legenda da publicação. 

A entrevista de Laurene Santos com o presidente Jair Bolsonaro repercutiu após o presidente dizer à repórter para “calar a boca”. Questionado pelo não uso de máscaras em outras ocasiões, Bolsonaro retirou o objeto e xingou a Rede Globo.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.